Cartier apresenta a mais recente versão da pulseira Love

Símbolo de paixão, a pulseira Love, criada em Nova York pelo designer Aldo Cipullo em 1969, moderniza radicalmente o vínculo amoroso, tornando-se um dos seus ícones.

Sua mais recente versão, mais fina, se assemelha a ele em todos os aspectos: oval, ajustando-se ao pulso, e com o design pontilhado de cabeças de parafusos. Variação sobre o tom de um grande clássico universal, unisex e gráfico, que se fecha com a ajuda de uma chave de fenda para selar o amor em uma volta de Love. Uma prova de intensidade, uma atitude, um compromisso com um símbolo da tensão amorosa.

Usado pelo gesto que inventa e pelo amor que encadeia. Uma paixão a ser compartilhada, sobreposta, unida ao original como um vínculo a mais… A nova coleção também inclui anéis.

Venha descobrir no piso térreo da Coupole.Love Cartier